Conheça Santos além das praias

Santos é uma cidade litorânea do estado de São Paulo bastante conhecida por suas praias e jardins, mas suas atrações turísticas vão muito além disso.
Neste post selecionamos alguns pontos turísticos na região central que fogem do roteiro tradicional, para que você possa aproveitar a cidade em qualquer época. O roteiro pode ser feito em um dia, pois boa parte dele pode ser percorrido a pé ou através do bonde histórico.

 

O Centro Histórico

 

A região central da cidade oferece algumas atrações interessantes que contam um pouco da história do município. Nesta região você poderá visitar o Museu do Café, fazer um passeio de bonde, conhecer o Teatro Coliseu, a Casa da Frontaria Azulejada, o Museu Pelé, o Santuário de Santo Antônio do Valongo, a Estação do Valongo e o Monte Serrat.

 

Passeio de bonde

 

 

Bonde turístico de Santos – Divulgação

 

O bonde histórico é um dos cartões postais de Santos e realiza um passeio pela região central percorrendo 5 km e 18 pontos diferentes em 40 min de roteiro.
Existe a opção do Bonde Café que possui um percurso menor (25 min apenas) mas as acomodações do trem contam com ar condicionado, TV, elevador para deficientes físicos, frigobar, máquina de café espresso e mesas e cadeiras para acomodação e degustação gratuita de café gourmet para o público.

 

Ambos custam R$ 6,00 e o embarque é realizado na Praça Mauá.

Horário: Circula de terça a domingo das 11h às 17h (última saída).

 

 

O Museu do Café Brasileiro

 

 

Prédio do Museu do Café – Divulgação

 

Este museu está situado dentro do prédio da Bolsa Oficial do Café na rua XV de Novembro. O prédio do Museu do Café foi inaugurado em 7 de setembro de 1922, no centenário da Independência do Brasil. O edifício foi erguido em Santos, então maior praça de café do mundo, e sediava a Bolsa Oficial do Café. O último pregão aconteceu na década de 1950 e, até 1986, quando foi desativado, funcionou para divulgar a cotação do café no mercado internacional.

Após dez anos fechado, foi restaurado em parceria com o governo estadual e reinaugurado em 1998. Atualmente, é mantido pela Associação dos Amigos do Museu do Café, com obras de Benedito Calixto, espaço de exposições e, conta com uma cafeteria.

 

Endereço:

Rua XV de Novembro, 95
Centro Histórico – Santos – SP
Tel: (13) 3213-1750

 

 

Teatro Coliseu

 

 

Teatro Coliseu em Santos – Divulgação

 

Maior teatro da cidade, com capacidade para 1 mil espectadores, o Teatro Coliseu possui a configuração atual desde 1924. O prédio tem estilo eclético, belos afrescos e detalhes arquitetônicos, conta com acústica excelente e requintes de decoração que lhe deram fama e o classificaram entre os melhores do país.

Palco da estreia do cinema falado em Santos, em 1929, o Teatro Coliseu recebeu os principais musicais, concertos, óperas, peças teatrais e outros espetáculos de companhias nacionais e internacionais. Entrou em decadência nos anos 1970 e foi desativado na década seguinte. Abandonado, passou quase 10 anos em obras de recuperação e reabriu as portas em 2006.

 

Endereço:

Rua Amador Bueno, 237
Centro Histórico – Santos – SP
Tel: (13) 3226-1000

 

 

Casa da Frontaria Azulejada

 

 

Casa da Frontaria Azulejada – Divulgação

 

Uma das mais significativas obras arquitetônicas de Santos, a Casa da Frontaria Azulejada foi construída em 1865 para residência e armazém do comendador português Manoel Joaquim Ferreira Netto. O prédio, com dois pavimentos, ficou conhecido por sua fachada de influência neoclássica, formada por azulejos em alto-relevo importados de Portugal.

 

Horário:

Aberta de segunda a sexta, das 9h às 17h.

 

Endereço:

Rua do Comércio, 121
Centro Histórico – Santos – SP
Tel: (13) 3202-1240

 

 

Museu Pelé

 

 

Fachada do Museu Pelé – Divulgação

 

Instalado nos antigos Casarões do Valongo (reconstruídos), o Museu Pelé apresenta a incrível trajetória de Edison Arantes do Nascimento, o Rei do Futebol. No local, estão expostos documentos, camisas, chuteiras, bolas, condecorações e troféus, entre muitos outros itens do acervo pessoal do “Atleta do século XX”. Nos 4.134m² do museu, o público também aprecia áudios, filmes, fotos e textos sobre a história de Pelé.

 

Endereço:

Largo Marquês de Monte Alegre, 2
Valongo – Centro Histórico – Santos – SP

Tel: (13) 3233-9670

 

 

Santuário de Santo Antônio do Valongo

 

 

Interior do Santuário de Santo Antônio do Valongo – Divulgação

 

De grande riqueza arquitetônica e história marcada por um milagre, o Santuário de Santo Antônio do Valongo, de 1640, é umas das primeiras igrejas do país e o segundo conjunto mais antigo de Santos. Em estilo barroco, possui paredes revestidas por murais de azulejos dos anos 1930 e, no altar-mór, um dos poucos tronos rotativos do país, com a Santíssima Trindade de um lado e, do outro, o ostensório para a Adoraçao Perpétua.

 

Horário:

Visitas monitoradas às terças, quintas, sextas e sábados, das 8h às 12h.

 

Endereço:

Largo Marquês de Monte Alegre s/nº
Valongo – Centro Histórico – Santos – SP

Tel: (13) 3219-1481

 

 

Estação do Valongo

 

 

Prédio da Estação do Valongo – Divulgação

 

Verdadeira relíquia arquitetônica, a Estação do Valongo, projetada na Inglaterra e inaugurada em 1867 pela São Paulo Railway, foi a primeira do Estado de São Paulo a ouvir o apito de um trem. De linhas neoclássicas inspirada na estação londrina Victoria Station, é a única construção de Santos preparada para a neve.

A edificação foi construída por iniciativa de Irineu Evangelista de Souza, o Barão de Mauá, para atender à linha São Paulo-Santos, uma das pioneiras no Brasil. Essa ferrovia é considerada uma das maiores obras de engenharia ferroviária do mundo, por causa da inclinação da Serra do Mar e um trajeto de oito quilômetros que lembra uma montanha-russa em câmera lenta.

 

Endereço:

Largo Marquês de Monte Alegre, 2
Valongo – Centro Histórico – Santos – SP

Tel: (13) 3201-8000

 

 

Monte Serrat

 

 

Sistema funicular do Monte Serrat em Santos – Divulgação

 

São quatro minutos de pura emoção, subindo de bondinho os 147 metros da encosta do Monte Serrat rumo ao topo, onde estão o antigo cassino e o Santuário de Nossa Senhora do Monte Serrat, padroeira de Santos, construído há mais de 400 anos. Para completar, uma escadaria com 402 degraus e 14 nichos reproduzindo cenas da Via Sacra, inaugurados entre 1939 e 1941, e uma vista de 360 graus da cidade, de tirar o fôlego – é possível ver também parte dos municípios de São Vicente, Cubatão e Guarujá.

O Monte Serrat é parte importante da história santista, pois servia de abrigo à população quando a então vila era invadida por piratas. Em um desses ataques, em 1614, os invasores acabaram soterrados e o milagre, atribuído a Nossa Senhora, tornou-a padroeira da cidade em 1955.

 

O ingresso custa R$ 42,00.

Horário: Funciona todos os dias, das 8h às 20h, com saídas a cada 30 minutos; aos sábados, domingos e feriados, o intervalo é de 20 minutos.

 

Endereço:

Praça Correia de Mello, 33
Centro Histórico – Santos – SP
(13) 3221-5665

 

 

Mapa do centro histórico de Santos

 

 

 

Maiores informações:  Turismo Santos.com

Leia também:

Viaje seguro com a nossa parceria de seguro viagem

Tudo o que você precisa saber sobre Ilha Grande, a maior ilha de Angra

 

 

15 comentários em “Conheça Santos além das praias

  1. que legal! não tinha ideia que em santos tinha esse bondinho para fazer os passeios e muiito menos que tinham todas essas coisas… não conheço nada do litoral de SP. Adorei!!!

  2. Belo post! Fui a Santos uma única vez e foi à trabalho, então não conheci nada na cidade e como choveu a noite eu só vi a praia da janela do quarto do hotel, mas fiquei com vontade de voltar e curtir melhor a cidade. Agora vendo que tem outras coisas legais além do mar, a vontade aumentou 😉

  3. Morro de vontade de ir para o centrinho de Santos fotografar…até hoje nunca fui!!! Vou usar as dicas do seu post para poder curtir e fotografar a cidade. 🙂

  4. Arrasou no post, trouxe dicas diferentes do tradicional. Que graça esse passeio de bondinho e AMEI essa Casa da Frontaria Azulejada, deve render belíssimos clicks nesses azuleijos fofos hahaha a louca da foto.
    Fui algumas vezes para Santos, mas coisa rápida… praia na verdade não dá pra aproveitar muito ne, nem todos os lugares são proprios para banho! Vale a pena atravessar a balsa e ir até Maresias se esse for o objetivo da trip.
    Beijao

  5. Poxa, como a cidade de Santos é bonita. Esse passeio de bonde já me deixou bem curiosa. Quantos museus e arquiteturas belíssimas. Ainda não tive oportunidade de visitar Santos =)

  6. Olha que bacana Marcos! acredita que estive várias vezes em Santos e não sabia nem da metade que você mostrou, adoreii o passeio de bondinho, fiquei super curiosa em conhecer ainda mais sobre a cidade. Ótimo Post abraços

  7. Confesso que eu nada sabia de Santos. Fiquei encantada por essas construções históricas. E esse bondinho? Demais!! Fiquei curiosa..Ótimas dicas!

Deixe uma resposta