Passagem aérea

Como economizar na compra de passagens aéreas

Economize sempre na compra de passagens aéreas

 

As passagens aéreas podem representar um dos principais gastos em uma viagem. Dependendo do destino escolhido, este valor pode chegar a mais da metade do total. Sendo assim, aprender como reduzir esta despesa pode ser uma forma de não deixar de viajar para aquele lugar tão sonhado.

Mas como fazer isso? Bom, você pode ficar atento às promoções das companhias aéreas, viajar em períodos de baixa temporada, usar milhas aéreas, enfim… O que irá fazer realmente diferença é saber como usar algumas estratégias que ajudam você a comprar passagens baratas sempre.

Estas técnicas podem ser usadas tanto em viagens nacionais quanto internacionais, permitindo a você viajar mais e de forma muito barata.

 

Stopover

 

Com esta técnica você poderá visitar mais de um destino com apenas uma única passagem aérea, ou seja, você fará uma conexão voluntária, uma parada no meio da viagem, sem alterar o preço final do bilhete.

Você já deve ter percebido que muitos vôos longos possuem escalas ou conexões em alguma cidade no meio do caminho, como vôos para países da Ásia ou Oceania, por exemplo, e até mesmo vôos dentro do Brasil. Se vamos para a Ásia e viajamos com uma companhia aérea da Europa, normalmente esta empresa fará uma conexão no seu país de origem, dividindo o trecho em dois vôos. É o caso da Air France, que faz o trecho Brasil – Japão com uma escala em Paris. Se você tiver tempo disponível para conhecer Paris, pode usar o stopover e passar uns dias na cidade antes de seguir para o seu destino final, podendo fazê-lo tanto na ida quanto na volta.

 

Como utilizar?

 

Para fazer o stopover você deve verificar a possibilidade juntamente com a companhia aérea de sua escolha, podendo consultar via telefone ou diretamente no site de cada uma, simulando o trecho. A parada intermediária deve ser pensada de acordo com a empresa escolhida, tendo em vista que só poderá ser feita nas cidades onde esta empresa faz escala ou conexão. Exemplo: a Copa Airlines usa como base a Cidade do Panamá, a Alitalia usa como base Roma, a Etihad, usa a cidade de Abu Dhabi como sua base.

Fonte: Melhores Destinos

 

Onde comprar, qual a antecedência e o melhor período para viajar?

 

De acordo com especialistas da área, o ideal é comprar com uma certa antecedência para se economizar mais.

Passagens aéreas nacionais devem ser compradas entre 25 e 40 dias antes da data da viagem se for na baixa temporada e entre 60 a 90 dias na alta temporada.

Passagens aéreas internacionais devem ser compradas entre 30 a 60 dias antes da data da viagem na baixa temporada e entre 60 a 120 dias antes na alta temporada.

Se puder escolher, viaje sempre na baixa temporada e durante a noite para pagar menos, evitando os meses de férias e os horários de maior movimento.

Além disso, compre diretamente das companhias aéreas, pesquisando antes em sites comparativos de preço para encontrar a melhor tarifa.

 

Open Jaw

 

Com esta técnica você poderá viajar para um destino num vôo de ida e volta, saindo de uma cidade e retornando para ou por outra cidade diferente, sem aumentar o custo final da passagem.

Open Jaw simples (retorno por uma cidade diferente da origem no trecho de ida), onde o trecho intermediário fica por sua conta.

Um exemplo seria viajar de São Paulo a Nova Iorque retornando para São Paulo por Miami, onde o trecho interno é feito por sua conta.

Ida: São Paulo x Nova Iorque

Volta: Miami x São Paulo

Open Jaw com trecho intermediário (retorno por uma cidade diferente da origem no trecho de ida, com trecho intermediário incluso).

Um exemplo seria viajar de São Paulo a Paris, passando por Roma e voltando para São Paulo.

Trecho 1: São Paulo x Paris (ida)

Trecho 2: Paris x Roma (trecho intermediário)

Trecho 3: Roma x São Paulo (volta)

Open Jaw duplo, ou seja, com origem e destinos diferentes na ida e na volta

Um exemplo seria viajar de São Paulo a Paris e retornar para o Brasil de Madri, com destino final no Rio de Janeiro.

Trecho 1: São Paulo x Paris (ida)

Trecho 2: Madri x Rio de Janeiro (volta)

Neste caso, como no open jaw simples, o trecho intermediário fica por sua conta.

 

Como utilizar o Open Jaw?

 

Você deve pesquisar o vôo na internet ou na central de vendas da companhia aérea utilizando a opção múltiplos trechos/destinos, informando sempre a origem e o destino final e as respectivas datas de ida e volta, encaixando os trechos intermediários conforme interesse. Normalmente esta técnica vale mais a pena para viagens internacionais, mas é possível utilizá-la também nos vôos domésticos.

 

Observações

 

É importante verificar antes o preço da passagem de ida e volta normal para comparar. Se o preço com Open Jaw for igual ou tiver um pequeno acréscimo, então esta opção estará disponível.

Dependendo da companhia aérea, poderá haver restrições se os embarques forem de continentes diferentes, devendo se pesquisar com outra empresa.

Fonte: Melhores Destinos

 

Agora que você já aprendeu algumas estratégias de como economizar na compra de passagens aéreas, faça uma pesquisa e aproveite!

Se tiver alguma dúvida ou sugestão entre em contato através do email contato@queroferiasagora.com.br ou preencha o formulário de contato disponível no site.

19 comentários em “Como economizar na compra de passagens aéreas

  1. Algo que também super vale é de comparar as passagens aéreas en site de comparação como skyscanner .. Não conhecia o Open Jaw portando é o que sempre fazemos. Nem sempre vale a pena com uma passage m ida/volta mas para quem gosta viajar, é a melhor opção.

    Consegue explicar mais sobre StopOver ?

  2. Opa, não tinha ouvido falar ainda desse Open Jaw, que interessante. Eu sempre pesquiso muito antes de comprar – e com bastante antecedência. Utilizo os pesquisadores de voos – tipo Skyscanner – acumulo milhas e também opto por viajar fora de temporada (e nos horários mais alternativos).
    Beijao

  3. Adorei o post! Em minha lua de mel fui com passagem open jaw, chegando na Grécia e voltando pela Turquia, foi muito bom. Agora em setembro consegui promoção com stop over e vou para Paris e NY pagando menos do que uma passagem só para um desses destinos. Vale a pena demais!

  4. Ótimas dicas, principalmente para férias extensas… onde nem sempre se pretende ficar em uma única cidade. Na próxima viagem internacional, tentarei utilizar algumas das suas dicas. Com relação a antecedência para comprar as passagens, sempre tento comprar 6 meses antes, bom saber que não precisa deste tempo todo.

  5. Não sabia sobre o stopover, achei bem interessante!
    O Open Jaw já tinha ouvido falar nos múltiplos trechos, mas não sabia como funcionava, achei bem bacana!

  6. Opa, dica de economia, ainda mais com passagem é sempre bem vinda!
    E eu sou muito ruim escolhendo passagem, fico sempre perdida.

    Muito boa essa dica do Open Jaw, não conhecia o termo.

    Beijokas

  7. Ótimas dicas algumas eu já conhecia outras não, essa do Open Jaw eu não sabia sempre achei que a volta era saindo do mesmo lugar da chegada, estamos fechando a nossa próxima viagem e vou tentar todas as dicas. um grande abraco.

  8. Nossa, esse assunto de economia em passagens sempre nos atrai!

    Já ouvimos falar sobre a melhor hora do dia, os melhores dias para viajar, usar o modo anônimo do navegador e muito, muito mais.

    Interessante a técnica do Open Jaw. Nunca tinha visto. Vou tentar utilizar no nosso próximo destino.

    Parabéns pelo post!

  9. Sempre um tema na moda, curto muito a pesquisa de passagens em sites que comparam preço das cias. aéreas. Já fiz esse esquema de open jaw mas não sabia o nome rsrs Valeu por compartilhas dicas sempre importantes.

Deixe uma resposta